Teoria do lucro: estudo sobre as diferentes perspectivas de mensuração de lucro como apoio à tomada de decisão

Eduardo Vieira do Prado, Clóvis Luís Padoveze, Luiz Gustavo Camarano Nazareth, André Luís Bertassi, Carlos Eduardo Francischetti

Resumo


A geração de lucro é a missão objeto da existência das organizações e a principal responsabilidade de seus administradores. No entanto, apesar desta importância reconhecida pelos autores pesquisados, há consenso de que a Contabilidade vem ganhando uma complexidade excessiva no processo de harmonização de suas regras demandadas pela implantação do IFRS. Neste sentido, a Contabilidade vem buscando prever aspectos futuros que vem trazendo uma dose excessiva de subjetividade. Esta subjetividade faz com que os contadores e administradores possam utilizar estes instrumentos, como provisões para contingências, para gerenciar seus lucros de forma a obter a ter uma melhor percepção de seus stakeholders quanto ao desempenho das organizações. Neste contexto este trabalho tem como objetivo abordar sobre a teoria do lucro e suas diferentes formas de mensuração para suportar a adequada tomada de decisão pelos diferentes usuários da informação contábil. Para atender a este objetivo, adota-se como metodologia o ensaio teórico suportado por uma pesquisa bibliográfica sobre a teoria do lucro, objetivos da contabilidade, diferentes formas de apresentação do lucro para atendimento dos usuários da informação contábil e as críticas referentes ao cenário atual envolvendo a Contabilidade. Como resultado, apresentam-se sugestões de melhor apresentação do lucro para que possa atender a diferentes stakeholders e haja melhor objetividade nesta informação essencial para medida do desempenho das organizações.


Palavras-chave


Lucro; Contabilidade; Mensuração do Desempenho; Tomada de Decisão.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. 7ª edição, São Paulo: Editora Atlas, 2012.

ASSAF NETO, A. Valuation: Métricas de Valor e Avaliação de Empresas. São Paulo: Editora Atlas, 2014.

CATELLI, A. (Organizador). Controladoria: Uma abordagem de Gestão Econômica GECON. 2ª edição. São Paulo: Atlas, 2001.

CARDOSO, R.L; MARTINS V.A. Hipótese de Mercado Eficiente e Precificação de Ativos Financeiros. In: LOPES, A.B; IUDÍCIBUS, S. Teoria Avançada da Contabilidade. 2ª edição, São Paulo, Editora Atlas, 2012

DAMODARAN, A. Value Creation and Enhancement: Back to the Future. Stern School of Business, EUA, 1999.

FREZATTI, F. Gestão de Valor na empresa: uma abordagem abrangente de valuation a partir da contabilidade gerencial. 1ª edição, São Paulo, Editora Atlas S/A, SP, 2000

GUERREIRO, R. Modelo conceitual do sistema de informação de gestão econômica: uma contribuição à teoria da comunicação da Contabilidade. Tese (Doutorado) – FEA/USP. São Paulo: 1989.

HENDRIKSEN, E.S; VAN BREDA, M. F. Teoria da Contabilidade. 5ª edição, São Paulo, Editora Atlas S/A, SP, 2010

ITTNER, C.D., LARCKER, D.F. Assessing empirical research in managerial accounting: a value-based management perspective. Journal of Accounting and Economics 32 (2001) 349–410. Accounting Department, The Wharton School, University of Pennsylvania, Steinberg Hall-Dietrich Hall, 3620 Locust Walk, Philadelphia, PA19104-6365, USA. Received 3 February 2000; received in revised form 11 January 2001.

IUDíCIBUS, S. Teoria da Contabilidade. 10ª edição, São Paulo, Editora Atlas S/A, SP, 2010

LOPES A.B.. A Teoria dos Contratos, Governança Corporativa e Contabilidade. In: LOPES, A.B; IUDÍCIBUS, S. Teoria Avançada da Contabilidade. 2ª edição, São Paulo, Editora Atlas, 2012

LOZECKY, J. Mensuração do Resultado. Revista Contemporânea de Contabilidade. v. 01 n. 01 jan./jun. 2004 p. 97-114. Disponível em Acesso em: março de 2016.

MALMI, T., IKÄHEIMO, S. Value Based Management practices - some evidence from the field. Management Accounting Research 14 (2003) 235–254. Department of Accounting and Finance, Helsinki School of Economics, P.O. Box 1210, FIN 00101 Helsinki, Finland - Received 31 July 2001; accepted 10 June 2003.

MARTINS, E; MIRANDA, G. J, DINIZ, J. A. Análise Didática das Demonstrações Contábeis. São Paulo, Editora Atlas, 2014.

MICHELIA. P.; MARIB, L. The theory and practice of performance measurement. Management Accounting Research 25 (2014) pp. 147–156. Disponível em: . Acesso em agosto de 2015.

PADOVEZE, C. L.. Controladoria Estratégica e Operacional. 3ª edição, São Paulo, Editora Cengage Learning, 2013.

PADOVEZE, C.L. Práticas Contábeis Internacionais versus Orçamento como informações preditivas. Revista de Finanças e Contabilidade da Unimep – REFICONT – v. 1, n. 1, Jul/Dez – 2014. Disponível em < http://reficontunimep.com.br/ojs/index.php/Reficont/article/view/10>. Acesso em março de 2016

RAPPAPORT, A. 10 Ways to create shareholder value. Harvard Business Review On Point; September, 2016. Disponível em Acesso em: 03 abr. 2016

SCHMIDT, P. História do Pensamento Contábil, São Paulo, Editora Bookman


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-1213

ISSN 2318-5589

Qualis B4