A busca ativa no cotidiano dos assistentes sociais: um estudo de caso a partir dos CRAS de um município de médio porte da região Baixa Mogiana – SP

Ada Bragion Camolesi, Elisângela Teixeira

Resumo


A busca ativa é uma ferramenta central da vigilância socioassistencial do programa Brasil Sem Miséria do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que visa sistematizar dados e informações territorializados para embasar, planos, projetos, serviços e implementar politicas públicas adequadas à demanda.Seu objetivo é alcançar aqueles que normalmente não acessam os serviços públicos, colocando-se à margem da rede de proteção por razões diversas.A busca ativa é atribuição do Centro de Referência e Assistência Social  (CRAS), deste modo a presente pesquisa visa analisar as dificuldades dos mesmos em operacionalizá-la. A pesquisa de campo revelou que as estratégias utilizadas pela equipe priorizam as que estimulam a busca dos usuários pelos serviços em detrimento de outras que invertem a direção do processo, como por exemplo, a visita domiciliar. Quanto a esta, os entrevistados manifestam resistência motivados pela insuficiência de recursos necessários ao deslocamento e, por outro lado, por uma visão radicada em período anterior do SUAS, quando tal instrumento era considerado “invasão de privacidade.”


Palavras-chave


Busca Ativa; Vigilância socioassistencial; CRAS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-1213

ISSN 2318-5589

Qualis B4