A formação de um território desigual: uma breve história de Campinas (1774-1930)

Rodrigo Pereyra de Sousa Coelho

Resumo


Este texto busca entender a formação do território do município de Campinas, buscando na história destacar os aspectos mais relevantes da sua constituição. Na transição de uma simples área de fluxo de riquezas à sua consagração como a capital do café na Província de São Paulo, o município de Campinas foi um porto para diversos grupos migrantes, que chegavam por diferentes vias e acabaram por moldar a configuração territorial da cidade. Por trás dos movimentos de atração, expulsão e mudança pode-se notar as forças de acumulação do capital, nas formas mercantil, industrial, imobiliário, entre outros. O Estado, por sua vez, trabalha para facilitar esta acumulação, deixando de lado qualquer pretensão de diminuição da desigualdade social.


Palavras-chave


Região Metropolitana de Campinas; Território; Complexo cafeeiro; Migração.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-1213

ISSN 2318-5589

Qualis B4